18 fevereiro 2007
MINHA VIDA EM UATI. ( XVIII )

A BIOGRAFIA DE LORD SARUBIANO.

.

.

Na Mesa, habitavam algumas criaturas insólitas. Fruto das recentes pesquisas genéticas implementadas por DASIVYD BOKMAL ÓDOR, seres fantásticos guarneciam os muros do castelo de Dasivyd. Alguns deles eram mantidos contra a sua vontade através de sortilégios mágicos ou de ameaças diretas às suas famílias ou entes queridos. A Mesa era considerada por EGYDIUM I, seu campo de provas particular.

.

Uma das criaturas, em especial, era conhecida como SESVERUS INUS. Após ser submetido às experiências malditas de Dasivyd; ele adquiriu o poder de ler através de objetos sólidos. Era usado por Dasivyd para analisar pacotes e documentos secretos em posse dos estrangeiros que desejavam negociar conosco. A incrível criatura aparentava ser um homem comum. Mas ao observar-se mais atentamente, via-se que ele movimentava freneticamente os olhos horizontalmente, varrendo o que estava à sua frente. Outro detalhe, era a diminuta capacidade de decisão. Se fosse apresentado a dois instrumentos distintos, levaria uma eternidade tentando decidir qual usar; sem, no entanto, conseguir realizar a escolha. Era necessário que outra pessoa ditasse todos os passos de seu dia. Sua visão penetrante o tornava inábil para pilotar quaisquer veículos ou conduzir animais. Pelo fato de ver através das coisas, tornava-se inútil em qualquer outra atividade.

.

Glaucius Barros-Vilens em sua sanha de vingança começou a espionar Rubiens e a fornecer informações privilegiadas sobre tudo o que se passava em UATIKREDIS. Seu objetivo maior era provar que todos os altos postos da cidadela eram ocupados por membros disfarçados ou colaboradores da resistência e, assim, conseguir sua tão sonhada promoção. Insidioso e traiçoeiro, aprisionou em seus jogos psicológicos a mente mais fraca e menos capaz de UATIKREDIS:

.

VANGELINAS VANJER

.

Com pequenos agrados e fingindo-se de amigo e interessado, aproximou-se da pobre alma e tornou-a um informante valioso para seu intento.

.

Através dela, tinha acesso direto aos acontecimentos do interior do castelo de Rubiens e repassava estas informações ao seu cúmplice. Desde o início, a pequena animosidade que sentia por mim (pois eu era mais novo e ocupava um posto melhor), levou-a a entregar-se as falsas promessas de grandiosidade de Glaucius. Sem saber, a pobre mulher contribuiu diretamente para sua própria decapitação.

.

Minha doença avançava e pressentia que o fim estava próximo, já não era mais possível ficar longas horas trabalhando. As dores eram tamanhas que por vezes me escondia nas cavernas e aplicava-me analgésicos recomendados pelos feiticeiros do nobre Rubiens. Havia no ar o prenuncio de que a derradeira caçada se apresentava.

.

Alertado por Glaucius que me surpreendera numa dessas crises de dor, Dasivyd encontrou-se com Carlus Careculus Moar-Cyfir e, revelando o ocorrido, resolveram que era a chance de atacar e aniquilar-me. Porém, antes de qualquer ataque, tudo deveria ser planejado minuciosamente e mais informações deveriam ser reunidas. Glaucius ficou encarregado de sondar Rubiens e tentar descobrir minha verdadeira origem. Pois em suas pesquisas e levantamentos, nada descobriram sobre o meu passado. Era como se eu tivesse surgido ali ... do nada.

.

Para isso, Glaucius e Dasivyd infiltrariam nos círculos mais altos de UATIKREDIS, seus discípulos geneticamente alterados e fiéis servidores. Com o objetivo de espionar e tornarem-se "íntimos" dos habitantes locais. Assim, poderiam monitorar quaisquer movimentações e obter um perfil detalhado de todos; visando obter meios de manipulá-los.

.

A BATALHA FINAL COMEÇARA.

.

(Continua)

Marcadores:

 
posted by Lord Sarubiano at 9:07 PM ¤ Permalink ¤


5 Comments:


  • At 2/19/2007 12:56:00 PM, Anonymous Luiz

    Eai cara, sinceramente pouco intendi do seu blog mas de qlqr forma achei legal.. Ele é criativo!

    Flo Cara
    Abraço

     
  • At 2/20/2007 03:26:00 PM, Anonymous luizfratta

    Cara agora pude entender a ideia que voce quis passar, mas acho que ainda esta de uma forma muito sub.
    Uma coisa resgardada onde é dificil entender a idéia principal.

    Eu entendi mesmo foi no trocadilho UATI. Muito bom blog quando se entende hehe. Ele é muito bom mesmo.

    A principio pensei que voce fosse um viciado em RPG haha.
    Mas deixa pra lá. asuhuehia.

    Colocarei nos meus favoritos.

     
  • At 2/20/2007 07:15:00 PM, Anonymous Polly

    seu é muito louco.... Ser criativo é o que importa!!

     
  • At 2/27/2007 10:53:00 PM, Blogger Sr. Cassiano

    Nomes menos complicados ;)

     
  • At 2/28/2007 07:26:00 PM, Anonymous joice

    interessante seu blog! gostei