05 abril 2007
MINHA VIDA EM UATI. ( FINAL )

Pelos muros de UATIKREDIS, avistamos a pérfida figura aproximando-se dos portões da cidade. As notícias da morte de Dasivyd Bokmal Ódor chegaram rapidamente pela rede de informações da resistência. Os informes eram alarmantes. EGYDIUM I, após cruzar as informações obtidas pelos finados Dasivyd e Glaucius, acabou por matar a charada e expor meu disfarce. Além disso, com a demora de Rubiens em cometer suicídio, chegou à conclusão óbvia de que ele buscaria refúgio junto à resistência ou pediria asilo político em algum outro país. Por isso ele ordenou um expurgo imediato em UATIKREDIS.

.

A princípio, não haveria sobreviventes. Ele queria que nossa cidade se tornasse exemplo para todas as outras, de como insurgentes seriam tratados. Resistir ao Decepador era inútil; pois ao serem possuídos pelo espírito de OLAVUS MÁXIMUS, os sacerdotes circulares tornavam-se imortais. Mesmo assim, reunimos nossas defesas e nos preparamos para resistir.

.

O ataque não aconteceu. O Decepador chegou aos portões da cidade e interrompeu seu avanço nefasto. Plantou-se nos portais de UATIKREDIS e lá ficou.

.

Estranhamos o ocorrido, mas aproveitamos para iniciar negociações para uma fuga em massa do lugar. Emissários foram enviados a várias outras cidades de UATI, tentando buscar um esconderijo seguro para todos. Eles nunca chegaram aos seus destinos.

.

Sem sabermos que as estradas estavam tomadas e vigiadas, continuávamos aguardando uma salvação para o último momento. Foi quando Crisitinas Suelys, a ordenança de Carlus Careculus, esgueirando-se pelos corredores escuros do castelo aproximou-se de nós e com um pergaminho em mãos; mostrou-nos que Egydium I já tinha tomado todo o território em torno de nossa cidade e tinha o plano de eliminar todos. Eu era o primeiro alvo da lista.

.

Sem opções achei que era meu fim. Doente e sem condições de lutar era presa fácil. Mas Crisistinas abraçou-me carinhosamente e falou baixinho em meus ouvidos. “Não se preocupe! Vou salvar você.”

.

Ela já tinha conhecimento a muito tempo do que estava por acontecer. Mas como era vigiada de perto pelos asseclas de Carlus Careculus, não teve como nos avisar. Deu a mim e a Rubiens salvos-condutos que permitiriam que passássemos pelos soldados de Egydium I e que chegássemos até a embaixada da Previdência Internacional, onde conseguiríamos asilo.

.

Infelizmente, Uatikredis estava perdida. Nada havia mais a fazer. Comunicamos a todos que iríamos embora e que fizessem o mesmo. “Protejam-se como puderem, busquem asilo nos órgãos internacionais. Quem ficar, morrerá.”

.

Partimos separadamente para dificultar nossa captura e não despertar desconfiança nos soldados reais. Iríamos em direções opostas e nos encontraríamos numa estalagem de um amigo nosso.

.

Estava quase sumindo no horizonte quando vi que O Decepador erguera-se. Estranhamente, entrou sem dificuldades pelos portões da cidade e dirigiu-se diretamente para onde estávamos minutos antes. Não resisti e voltei para o interior do castelo para ver o que acontecia. Numa das alas reservadas, pude ver claramente, o Decepador recebendo instruções de alguém acima de quaisquer suspeitas:

.

Andreas Marmand.

.

Como sempre ele buscava o lucro imediato (no caso, manter sua vida e posição), deu ao Decepador todas as coordenadas de nossas defesas e esconderijos. Esfregava suas mãos nervosamente e com contentamento. O Decepador olhava-o com indiferença enquanto assimilava suas informações. Ao terminar, eliminou Andreas impiedosamente. Ao assistir a cena, seu primo e fiel escudeiro, Robertus Bretus, tentou protegê-lo e foi abatido também.

.

O Decepador entrou no átrio principal do castelo e pegou todos reunidos preparando-se para fugir. Foi uma carnificina. Muitos que acreditavam na propaganda da Família Real que tinha por slogan “EXTINGÜIR NÃO É ACABAR”, ajoelhavam-se diante da maldita figura implorando por suas vidas. Gemiam, gritavam de terror e choravam copiosamente. Nada adiantou. Ondas vermelhas tomavam conta do salão, outrora tão nobre. Um a um, os corpos dos trabalhadores indefesos empilhavam-se uns sobre os outros num festival macabro. Ao fim do massacre, apenas quatro criaturas permaneciam vivas naquele lugar:

.

Deborix Mentus (ser alterado geneticamente oriunda de experiências feitas por Dasivyd que implorando jurava lealdade eterna à Família Real).

.

Sua pupila Adriunas Yurk (inescrupulosa e informante de Carlus Careculus).

.

Babus Cyfir (filho e herdeiro de Carlus Careculus).

.

“Mister X”. Nosso último membro em UATIKREDIS. Mestre em disfarces e doutor nas artes da persuasão e do ilusionismo, ele disfarçou-se como despachante de um órgão público e escapou do Decepador.

.

Em troca de suas vidas, e para provar sua lealdade; Deborix, Babus e Adriunas entregaram as rotas de fuga que eu e Rubiens havíamos tomado. Horrorizado por tamanha traição, fugi pelos esgotos do castelo e dirigi-me para a E.P.I. (Embaixada da Previdência Internacional) por outro caminho.

.

Mais tarde, já em meu exílio, soube de tudo o que havia acontecido com todos:

.

Crisistinas Suelys simulou seu suicídio para escapar da ira de Carlus Careculus, conseguiu; e hoje vive tranqüilamente no Brasil.

.

"Mister X" ainda vive em UATIKREDIS, constantemente passa relatórios de tudo o que acontece lá para que nós possamos continuar nossa luta honrosa.

.

Carlus Careculus, foi julgado por Egydium I como culpado pela minha fuga e pela incompetência de me ter em suas mãos por tanto tempo, sem nunca suspeitar de nada (sem contar Rubiens que era agente duplo). Sua imbecilidade e falta de inteligência foi premiada com flagelação e morte no garrote.

.

Deborix e os outros ainda vivem em UATIKREDIS e servem fielmente a Família Real.

.

Rubiens foi assassinado, juntamente com Mertex, na estalagem que era nosso ponto de encontro. Com as informações de Deborix e dos outros, Egydium I despachou três Decepadores que já estavam aguardando por eles quando chegaram.

.

Assim encerrou-se minha vida em UATI. Hoje, vivo em meu exílio esperando um dia poder voltar para meu amado país.

Marcadores:

 
posted by Lord Sarubiano at 7:57 AM ¤ Permalink ¤


3 Comments:


  • At 4/05/2007 02:37:00 PM, Blogger A.J. MARTIN

    O símbolo do UATI é o melhor!
    hahahahahahaha
    Sem desmerecer o texto, claro!
    Muito boa idéia!

     
  • At 4/07/2007 01:37:00 AM, Blogger Geovanny Bruno

    Poucos por aí conseguem esse material impecável e bem estruturado num blog... gostei do leyout, modificado...e principalmente do excelente conteúdo...
    Abraço...


    O Incontinenti...
    http://buhmasque.blogspot.com

     
  • At 4/07/2007 04:55:00 PM, Blogger Geovanny Bruno

    muito obrigado por sua apreciação e interesse...
    faço o mesmo por ti e já coloquei teu blo no meu link de alguns blogs interessantes, se puder conferir, e comentar os novos posts... o link fica logo embaico das imagens linkadas...
    tá um embolo, mas se procurar tu achas...
    Continuemos assim...
    Um abraço... e Espero um novo post teu aqui!